Muito interessante, ver a criatividade e a inovação do NUPE (Nucleo de Projetos Especiais de Santo André), membro de nossa Rede Estadual, durante a Copa das Copas.

Veja a matéria do Portal da Prefeitura de Santo André:

Nesta Copa, usuários da Saúde Mental criam camiseta estilizada do Brasil

Produto, que está sendo vendido por R$ 20 e faz parte de oficina de serigrafia, estampa palavras que só existem na Língua Portuguesa, como canjica e farofa

Santo André, 25 de junho de 2014 –A rede de atenção psicossocial de Santo André também entrou no clima de Copa do Mundo. E o mais bacana de tudo: de forma criativa e rentável para os usuários trabalhadores do Nupe (Núcleo de Projetos Especiais), responsável por 12 oficinas terapêuticas da Secretaria de Saúde. Camisetas de malhas nas cores amarelo e azul trazem estampadas o mapa do Brasil e, dentro de seu relevo, palavras que só existem no rico vocabulário da Língua Portuguesa. Casos de batuque, guarani, pinhão, torcida e farofa, além de algumas gírias, como tchê, bastante comum no Rio Grande do Sul.

Camiseta Brasil 3 Foto – A produção inicial de camisetas do Brasil foi de 200 e nas cores amarelo e azul
Crédito: Miguel Denser/ PSA

Por R$ 20, o consumidor compra a camiseta e engrossa a torcida brasileira em busca do hexacampeonato mundial. Outra dica fica como opção aos turistas estrangeiros que aportaram no País. Com certeza, um recuerdo diferenciado, além de ser a cara do nosso povo e da nossa cultura. Um dos pontos de venda é na feira de artesanato do Torcida Santo André, arena montada no Paço para exibição dos jogos da Seleção Brasileira – o próximo encontro será neste sábado (28), às 13h, contra o Chile.

O design da camiseta foi discutido entre os usuários inscritos na oficina de serigrafia, que ocorre toda sexta-feira, das 9h às 11h, e das 13h às 15h, no Nupe, localizado na rua Salvador de Sá, 210 (sobreloja), no Bairro Santa Terezinha. “Com a proximidade da Copa, pensamos no mapa do Brasil. A partir disso, começamos a discutir o conteúdo e veio a ideia das palavras só com o português daqui”, contou o terapeuta ocupacional André Luis Campos Nunes, gerente do Nupe.

Outra preocupação foi encaixar as palavras com a devida localização no mapa. Por exemplo, o axé baiano na região Nordeste. E assim por diante, entre os vários vocabulários originários de eventos culturais e folclóricos, dos alimentos, das frutas e dos quitutes culinários espalhados em cada canto do País. Detalhe que fez questão de mencionar o usuário trabalhador Roberto de Oliveira, 42 anos, responsável pelo silk screen nas camisetas da Copa. Na bancada, de uma única vez, seis são estampadas.

GERAÇÃO DE RENDA – Além de utilizar a oficina terapêutica como resgate da saúde, produção de vida e quebra de preconceitos, os usuários transformaram em empreendedorismo e geração de renda. Na prática, além da venda do produto em feiras de economia solidária, o paciente/trabalhador vivencia o processo inteiro de gestão empresarial, desde a compra do material para confecção das camisetas até os cálculos para chegar aos preços de custo e de venda.

“Muitos deles vão de trem para pontos de comércio de São Paulo, como no Brás, para compra das camisetas. Na volta, eles próprios organizam a separação por tamanhos e cores, além do controle de estoque”, explicou André. Por mês, em média, os trabalhadores da oficina de serigrafia, neste caso, ganham entre R$ 80 e R$ 300. O Nupe integra a rede de economia solidária, vinculada à Secretaria Municipal do Trabalho Emprego e Economia Solidária.

Em Santo André, os produtos das 12 oficinas oferecidas no Nupe, entre elas, marcenaria, marchetaria, xilogravura e encadernação, também podem ser encontrados no Centro Público de Economia Solidária, vinculado à Prefeitura, onde existe uma loja em que os empreendedores inscritos comercializam, entre outros, artesanatos, produtos têxteis e reciclados. O ponto de venda fica na Rua Campos Sales, 570.

Sobre a Secretaria de Saúde

Com orçamento previsto de R$ 449,07 milhões para 2014, a Secretaria de Saúde tem destinado o maior valor da peça orçamentária da Prefeitura de Santo André. O governo tem na Pasta uma de suas prioridades, inclusive com a construção de novos equipamentos públicos aos usuários do SUS (Sistema Único de Saúde).

A rede de saúde municipal é composta por 33 USs (Unidades de Saúde); dois hospitais (Centro Hospitalar Municipal e Hospital da Mulher); três UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) 24 horas; quatro PAs (Prontos Atendimentos) 24 horas; três Centros de Especialidades Médicas; um Centro de Reabilitação Municipal; dois Centros de Especialidades Odontológicas; um Ambulatório de Moléstias Infecciosas; um Centro de Referência de Saúde do Trabalhador, um Centro de Terapia Comunitária e um laboratório de análises clínicas, além do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

Na área de Saúde Mental, são quatro Naps (Núcleos de Atenção Psicossocial), um Caps (Centros de Atenção Psicossocial), quatro residências terapêuticas, duas repúblicas terapêuticas, um consultório na rua (veículo), um Centro de Atenção à Saúde Mental e um Núcleo de Projetos Especiais. Na diretoria de Vigilância à Saúde, o município dispõe de divisões de Vigilância Sanitária; Epidemiológica; Saúde do Trabalhador e Controle de Zoonoses e Ambiental.

A Secretaria de Saúde trabalha em parceria com a Faculdade de Medicina da Fundação do ABC, que oferece vários serviços e atendimentos à população. A Pasta também oferece apoio diagnóstico e terapêutico, desde municipal até terceirizado, por meio de contratos e convênios.

A respeito de Santo André

O município foi fundado oficialmente em 8 de abril de 1553, com a criação da Vila de Santo André da Borda do Campo. Com área de 174,38 km², está localizado no Grande ABC (Região Metropolitana de São Paulo), distante 18 km da Capital. A cidade é estratégica para o setor logístico, pois está inserida no principal polo econômico brasileiro, próxima a algumas das principais rodovias estaduais e federais, as quais dão acesso ao Porto de Santos e aos aeroportos de Cumbica e de Congonhas.

Conforme último censo, divulgado em 2011, Santo André possui 678.486 habitantes. No mesmo ano, o PIB (Produto Interno Bruto) foi de R$ 17,6 bilhões, sendo o 12º maior entre as cidades do Estado de São Paulo. O orçamento municipal de 2014 é de R$ 3,2 bilhões.

Mais informações para a imprensa
Elaine Granconato – esgranconato@santoandre.sp.gov.br
(11) 4433-0115