As Ruas de São Paulo foram tomadas por mais de 2000 pessoas de diversas regiões do Estado de São Paulo. Em um domingo de Virada Cultural, a mobilização dos militantes antimanicomiais mostraram a potência criativa e produtiva de um tratamento, cuidado, em Liberdade.

Durante todo o ATO as Políticas Segregacionistas, de Internação Compulsória e de Financiamento das Comunidades Terapêuticas implementada pelo Governador Geraldo Alckmin foram repudiadas. A manifestação pedia o Fim do Programa Recomeço!!! Que nenhum centavo público fosse destinado as Comunidades Terapêuticas!!! Pelo FIM do CRATOD, que ele se torne um Centro de Convivência, Cultura e Cooperativismo!!! O Ministério da Justiça também foi motivo de VAIA pela insistência de ir Contra as Resoluções da 24. Conferência Nacional de Saúde e IV Conferência Nacional de Saúde Mental, ao financiar as Comunidades Terapêuticas e agora para piorar querer sua regulamentação!!!

O Ato afirmou que o caminho é fortalecer a Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) e apostar na construção de políticas públicas e de financiamento e apoio aos projetos, oficinas e empreendimentos solidários que promovem a Inclusão Social pela Cultura, Arte, Educação e Trabalho. Por uma Política Pública de Drogas Pública e Não Segregativa!!! Pela Ampliação do Programa de Braços Abertos, com Pontos de Cultura e Cooperativas Sociais!!

Nossa Rede Estadual esteve presente e afirmou que o caminho é Fortalecer o Eixo Reabilitação Psicossocial da RAPS e criar uma Política Nacional de Apoio e Fomento aos Projetos, Oficinas e Empreendimentos Solidários!!!

Na Porta do CRATOD: Fim do CRATOD que ele se torne um Centro de Convivência, Cultura e Cooperativismo!!

18 de Maio nas Ruas – Luta Antimanicomial ocupando a Cidade!!!

Veja a apresentação de FOTOS feita pela Página Humaniza SUS sobre nossa Marcha!!! – clique aqui